quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Muitos Escândalos Dentro da Igreja Católica





"Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores. Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas? Semelhantemente, toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins. A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim pode dar frutos bons. Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo. Assim, pelos seus frutos vocês os reconhecerão!
Mateus 7:15-20






Padre católico é preso na Itália acusado de tentar abusar de menina de 10 anos








Padre Josean Dantas Rolim é acusado de abuso sexual dentro do terminal de desembarque o Sacerdote foi atuado em fragrante




Padre é acusado de assedio sexual dentro de um shopping



Padre divulga imagens fazendo sexo com dona de sexshopping



“porque sete vezes cairá o justo e se levantará; mas os perversos são derribados pela calamidade.” (Provérbios 24. 16)



Padre suspeito de abusar de menina de 7 anos é preso em Londrina, diz polícia


Entenda o Caso

O padre de 51 anos foi preso suspeito de abusar sexualmente de uma menina de sete anos na noite de domingo (6), em Londrina. De acordo com a Polícia Civil, o padre estava em um clube de campo e foi preso em flagrante. Ele afirmou que estava ‘brincando’ com a menina na piscina.

“Os populares estranharam a presença do homem muito próxima da criança e chamaram o segurança. Após constatar o abuso, o religioso foi agredido por familiares e preso em flagrante pela Polícia Militar (PM)”, contou, o delegado Márcio Vinícius Ferreira Amaro.

“Em depoimento na delegacia ele [o padre] justificou o caso e disse que ficou excitado enquanto ‘brincava’ com a criança”, acrescentou Amaro.

Segundo a arquidiocese de Londrina, o religioso está afastado do ministério sacerdotal e trabalha desde 2010 no Seminário Diocesano Paulo VI.

Em um comunicado à imprensa nesta manhã, o reitor do Seminário, Rafael Solano, disse que “sente o acontecido e espera as providências da Justiça”.

O preso esta sendo acusado por estupro de vulnerável e ser for condenado poderá cumprir pena de oito a quinze anos de prisão, segundo o delegado.




Padre pedófilo confessa abusos a menina de 13 anos e comete suicídio dentro da paróquia






Padre italiano se enforca dentro de sacristia após confessar casos de pedofilia


Don Maks Suard

Don Maks Suard, de 48 anos, se enforcou pouco antes do anúncio oficial de sua expulsão da paróquia
Um padre confessou que era pedófilo e havia “cometido ações graves” contra uma menina de 13 anos de idade, e antes de ser expulso da paróquia, suicidou-se na sacristia.

Dom Maks Suard, 48 anos, era o responsável pela paróquia de Santa Cruz, no Carso, nordeste da Itália. De acordo com informações do jornal Corriere Della Sera, o pároco procurou o bispo da diocese de Trieste no último sábado para confessar seu pecado.

Na conversa com o monsenhor Giampaolo Crepaldi, o padre Max Suard admitiu ter cometido abusos contra uma criança de 13 anos e afirmou que se manifestaria publicamente. O padre solicitou um prazo de dois dias para redigir sua carta de pedido de perdão a Deus, à Igreja e à vítima.

Um bispo foi até a paróquia para anunciar oficialmente a expulsão do padre e a abertura de um processo canônico contra ele. Ao entrar no templo, encontrou Max Suard enforcado na sacristia, local onde os sacerdotes católicos guardam os assessórios ritualísticos da missa.
Escândalos

Os casos de pedofilia envolvendo padres católicos se tornaram um dos principais problemas da denominação romana, e o papa Francisco tem se posicionado de maneira firme sobre o assunto, assumindo um compromisso ao combate à pedofilia e a punição aos sacerdotes que estiverem envolvidos nesses escândalos.

No meio católico há quem defenda o fim do celibato obrigatório aos padres como forma de combater as práticas de imoralidade sexual na Igreja Católica. O próprio papa Francisco afirmou que não é impossível que no futuro a denominação permita aos padres se casarem, visto que a questão “não é um dogma de fé”, e sim, uma doutrina.

O próprio pontífice chegou a afirmar que hoje existem oito mil padres pedófilos na Igreja Católica ao redor do mundo, o que corresponderia a 2% dos sacerdotes da denominação.





Padres que pregavam 'amor livre' para praticar pedofilia chocam Espanha






Padres Violentam Mulheres


Padre é condenado a sete anos por abusar sexualmente de uma mulher no México




Padre é preso por estupro e tortura de 3 mulheres




Vídeo de um Padre Agredindo uma mulher dentro da Igreja





2 Timóteo 3

1 ¶ Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
2 Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
3 Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
4 Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
5 Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
6 Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;
7 Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.





Padre é acusado agredir uma fiel em Itacambira

Um sacerdote católico é acusado de agredir, com arrastões e unhas, uma fiel numa igreja em Itacambira, no Norte de Minas. A médica Keila Bicalho Leão denunciou que, ao fim de uma missa na noite domingo, foi agredida pelo padre Gilmar Soares Martins, o Mazinho, depois de ter insistido em fazer um depoimento. O fato fato ocorreu na histórica Matriz de Santo Antônio, de onde ladrões levaram cinco peças sacras em fevereiro de 2012. A médica registrou boletim de ocorrência na Policia Militar.
Ainda na noite de domingo, segundo moradores, o padre Mazinho deixou a cidade – ele mora em Montes Claros e vai a Itacambira somente para celebrações. Ontem, ele não foi localizado. O arcebispo de Montes Claros, dom José Alberto Moura, não manifestou sobre o caso.
Keila Leão relata que decidiu ir à missa na noite de domingo. “Cheguei atrasada e conversei com a moça que auxilia o padre para que eu pudesse dar um depoimento sobre acontecimentos da minha vida que revelam a presença de Deus, mas o padre alegou que não poderia fazer aquilo porque a minha fala seria muito longa”, salientou.
A médica conta que, no fim da celebração, quando o padre Gilmar Soares já tinha se deslocado para a sacristia, ela foi ao altar e começou a dar o seu depoimento. Foi nesse momento que, segundo ela, ocorreu a agressão.“O padre saiu da sacristia e começou a gritar para eu calar a boca, dizendo que estava participando de um grupo contra ele”, informou Keila, acrescentando que respondeu: “O senhor não manda em mim!”. Ela explicou que, na sequência, o padre a teria agarrado e começado a arrastá-la, ferindo o seu rosto com as unhas. “As pessoas interferiram e impediram que ele saísse me arrastando”, afirmou.
Keila disse que passou a conversar com algumas pessoas na porta da igreja, quando o sacerdote apareceu e começou a agredi-la novamente. “Dessa vez, ele estava sem batina.” A médica afirma que “não tinha a intenção de denunciar o padre”, mas, durante atendimento de urgência em posto de saúde, uma pessoa percebeu um sangramento no seu rosto. Diante disso, viu a necessidade do registro do boletim de ocorrência da Polícia Militar. Ela disse ontem de manhã, em Montes Claros, que tentou, mas não conseguiu da PM de Itacambira o número da ocorrência para exame de corpo de delito. “Mas foram feitas várias fotos que mostram os sinais da agressão”, argumentou.




Famoso Padre de Las Vegas é condenado após apostar US$ 650 mil da igreja


Um padre americano da cidade americana de Las Vegas foi condenado a 3 anos e 1 mês de prisão por roubar e apostar em cassinos da cidade centenas de milhares de dólares de sua paróquia.

Kevin McAuliffe, de 59 anos, também foi proibido de frequentar cassinos e será obrigado a passar por um tratamento por seu vício em jogos após ser libertado.




Padre abusou sexualmente de menina de 11 anos

O padre Osvaldo Donizete da Silva, 51 anos, conhecido como Barrinha, foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão em regime fechado, por abusar sexualmente de uma menina de 11 anos dentro de uma igreja em Sales. O crime aconteceu no dia 1º de maio deste ano, logo após a menina fazer sua primeira confissão para obter a primeira eucaristia.





Padre Italiano denuncia e afirma o diabo vive dentro do Vaticano






Padre Anderson Risseto foi preso em São Paulo suspeito de abuso sexual e realização de filmes pornograficos com menores 

Os jovens, que têm entre 15 e 18 anos, disseram à polícia que o padre promovia festas regadas a álcool e obrigava as vítimas a dormir em sua cama e tomar banho com ele





Padre é preso com 170 quilos de maconha escondidos dentro da igreja



O padre foi preso pela pose de 200 quilos de maconha e um revólver calibre 38. A droga e a arma estavam escondidas entre as imagens, no altar da Paróquia São Judas Tadeu, no município de Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco. Duas outras pessoas também foram presas. A população informou à polícia que não aconteciam celebrações rotineiras na igreja, que estava fechada nesta sexta-feira, 21. A arquidiocese de Olinda e Recife informou que Mário Roberto Gomes, o homem preso como padre e traficante, não faz parte do clero da Igreja Católica e não há paróquia registrada com o nome de São Judas Tadeu, na cidade. 




Padre de uma Parroquia da cidade de Uberlândia MG foi preso com posse de cocaína depois de passar toda a noite em um bar com muitos excessos 




Católicos comentam 




Padre Jeová Toscano de Medeiros da Paróquia Nsª do Carmo é acusado de abusar de crianças e mulheres em Uberlândia MG 



Padre é preso suspeito de pedofilia em Araguari



A Polícia Civil de Jacareí prendeu um padre da Igreja Católica Carismática Santuário dos Anjos, de 37 anos, por estelionato, na Rua Amin Esper, região central, na tarde de terça-feira (29). O suposto religioso estava sendo procurado pela Justiça do Rio Grande do Sul por aplicar golpes em fiéis na cidade de Sobradinho.Um radialista, de 35 anos, que prestou serviços aos três padres acusados de estelionato confirmou, na sexta-feira, que os religiosos cobravam por supostos 'tratamentos espirituais' realizados na Igreja Católica Carismática Santuário dos Anjos.





Prisão de 13 anos para padre diretor de colégio acusado de pedofilia em Rio Grande

O padre Cláudio Dias Costa, 37 de idade, paranaense, radicado no RS, preso em flagrante em fevereiro de 2008, acusado de manter relações sexuais com uma menina de nove anos, foi condenado pelo juiz Leonardo Sasso, da 3ª Vara Criminal de Rio Grande (RS) a 13 anos e quatro meses de prisão. A defesa já interpôs recurso de apelação ao TJRS. O religioso estava, há 13 meses, isolado em uma cela da Penitenciaria de Rio Grande.

Policiais militares disseram ter encontrado roupas íntimas da garota no veículo. Ela disse que conhecera o padre na rua, no carnaval, poucos dias antes. O religioso dera um celular, material escolar e uma pequena quantia em dinheiro para ganhar a confiança da menina. Ela disse que não sabia que Cláudio era padre. Segundo o delegado regional de Polícia de Rio Grande, Egnácio Luiz Allayer Mendonça, a garota relatou que o padre também abusou de outras duas meninas.





Padre e uma fiel mantinham relacionamento extra-conjugal

Uma ocorrência policial um tanto curiosa e polêmica foi feita em Conselheiro Pena na noite desta terça-feira, 28 de outubro.

A Polícia Militar foi chamada para comparecer em uma residência da cidade por volta das 23:45 hs a pedido da moradora da casa.

A senhora L.C. contou aos policiais que está grávida, gravidez esta fruto de um relacionamento extra-conjugal com o Padre C. R. (que era pároco da Paróquia São José de Conselheiro Pena), que ocasionou a separação do casal. O padre foi afastado do cargo e atualmente reside em Governador Valadares. A senhora ainda relatou que o padre foi visitá-la para saber como estava passando pelo período de gravidez.

O ex-marido de L.C. que mora em cima da residência, percebeu que o Padre C. R. a visitava, ficou à porta da casa ao telefone falando que só sairia dali depois que o padre fosse embora. Foi quando a PM foi acionada para garantir a integridade física do padre.

Imediatamente chegou no local outras pessoas compartilhando de sua indignação, pois o ex-marido alegava que sua ex-esposa estava expondo seus filhos a uma situação delicada.

Após os militares conversar com ambas as partes, o padre pôde sair da residência e ir embora.

E o que não faltou foi manifestação em frente à residência pelos populares, a maioria fiéis da paróquia, que indignados e revoltados, xingaram o padre, e pasmem, tinha até um carro de som onde uma pessoa falava ao microfone sobre o mau que o padre causou aos alguns fiéis na cidade.


Entenda o ocorrido

O Padre C.R. que era pároco da Paróquia São José da Cidade de Conselheiro Pena se viu em meio ao um grande escândalo envolvendo uma jovem mulher casada na cidade há alguns meses atrás, onde a mulher veio a engravidar.

A história foi um grande golpe contra a Igreja Católica da cidade que é conhecida em toda diocese como uma das paróquias mais organizadas, e vivificadas. Uma situação constrangedora que dividiu opiniões e fiéis. Entre os que se indignavam e os que não acreditavam que isso pudesse realmente ter acontecido. O padre continuou celebrando até que o bispo decidiu por afasta-lo até que a confusão fosse esclarecida.

Uma comissão se organizou e recolheu as provas, entre elas o boletim de ocorrência policial e fotos feita no local, e irá ter com o Bispo Diocesano para pedir que a igreja ordene a saída do padre, para que ele deixe sua missão sacerdotal e se torne leigo.








Por persuadir mulher , padre apanha com taco de baseball em New Orleans



A Polícia Civil de Orleans deve concluir nos próximos dias as diligência de um caso de disputa amorosa entre um padre e um médico e de uma moradora da comunidade de Taipa, em Orleans.

Segundo o delegado de policia, Ulisses Gabriel, um atrito resultou em fraturas ao padre, agredido com um taco de baseball, ou objeto semelhante, pelo médico, atual companheiro da mulher. “O padre foi acusado de enviar mensagens de celular ameaçando a moradora da Taipa . Ela teria se envolvido como líder religioso no passado e atualmente mantém uma relação conjugal com um médico”, afirma.

Após as ameaças, a resposta. “Como o padre comparecia sempre na casa do ex-sogro na comunidade da Taipa, o médico esteve presente no mesmo momento da visita e o agrediu com um bastão semelhante a um taco de baseball. Em função disso, o líder religioso ficou incapacitado de realizar missas por vários dias.





Padre assume homossexualidade e vira macumbeiro


Video do Padre antes realizando uma missa



Padre agride com chicotadas estudantes no Paraná



Alguns adolescentes, crianças ainda, comemoravam o fim do ano letivo no Colégio Estadual Gabriel de Lara, que fica no centro da cidade de Matinhos, no Litoral do Paraná. A comemoração, tipicamente adolescente, com muitos gritos de Viva!, Oba!, farinha, ovo e água, chegou até a praça da Igreja Matriz de São Pedro, vizinha ao colégio.
A partir daí, o que parecia uma inocente e alegre reunião, virou uma espécie de “revival” da Santa Inquisição (aquela caça aos infiéis da Santa Igreja, acontecida na idade média, que quase sempre terminava em fogueira ou chicote).
Incomodado, o pároco Mansueto Pantarol, conhecido por sua “truculência” canônica, incorporou Tomás Torquemada (o grande chefe da Santa Inquisição), apoderou-se de um chicote, isso mesmo, um chicote, e passou a açoitar os estudantes que faziam a “algazarra” na praça (que é pública, não pertence a cúria).
O resultado da insurreição foi trágico: uma adolescente seriamente ferida, corre o risco de perder a visão.

O Padre em se defendendo disse:
O que você faria se fosse na sua casa? Você não ia espantar? Esse incidente foi uma mínima coisa que aconteceu. Agora o padre é o ruim da história”, diz. O religioso ainda afirmou que o local virou uma praça de guerra, mas nega que o golpe tenha acertado a menina.
O chicote é a minha defesa pessoal. Eu não uso arma, não sou policial e nem guarda municipal, mas eu tenho que cuidar da igreja”, conclui Mansueto.

O Conselho Tutelar de Matinhos orientou os pais da menina a registrarem um boletim de ocorrência na delegacia da cidade, e não passou mais informações sobre o incidente. Até as 19h20 não houve nenhum registro sobre o caso na delegacia da cidade. O G1 também não conseguiu localizar a família da criança para comentar o assunto.


Bispo da igreja não aprovou o ato

O Bispo Dom João, da Cúria Diocesana de Paranaguá, responsável pela Paróquia de Matinhos, disse que conversou com o Padre Mansueto. “O padre disse que não foi ele que feriu a criança nos olhos. Ele tem que zelar pelo patrimônio da igreja. Temos que assumir o erro do padre e que não é uma orientação da Diocese, para que o padre aja desta forma, com o uso de um chicote. Nunca tivemos nenhum problema parecido como esse. É um caso isolado”, disse.

O bispo ainda disse que “a atitude a ser tomada pela Cúria Diocesana de Paranaguá é apurar bem os fatos junto ao padre e a família da menina que disse que foi ferida. A partir disso, vamos verificar a posição a ser tomada.”

Padre é preso na cidade de Cambé estava embriagado e foi acusado de danificar patrimônio publico






Padre Sílvio Andrei que administrava paróquia na cidade de São Paulo foi atuado em fragrante por conduzir veículo embriagado e totalmente nu pelas ruas da cidade de Ibiporam a 430 Km de Curitiba , e inclusive foi acusado de assediar sexualmente um adolescente e um policial
O Padre foi indiciado por atentado ao pudor e corrupção ativa


Mesmo depois do Ocorrido o Padre retorna as suas funções





Video outro Padre embriagado na grande São Paulo o religiosos foi detido ao atropelar um guarda civil





Padre bate recorde em teste do bafômetro



O padre católico foi preso pela polícia por
dirigir embriagado e ainda apresentar um
dos mais altos níveis de álcool no sangue
registrados pelo teste do bafômetro.

Padre Peter Jones, 58, da paróquia de St Patrick,
em South Grafton, na Inglaterra, registrou
impressionantes 0,5 de álcool. Ele foi parado
pela polícia cruzando pistas em uma rodovia na Inglaterra.

Ao ser parado, os oficiais o submeteram a um teste que registrou os níveis de 0,5",
a leitura mais alta a que o bafômetro pode manipular.

Encaminhado para a delegacia, o sacerdote teria feito uma nova leitura, que
registrou 0,341. 










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Evangélico Pentecostal, Sola Scriptura, Sola Christus, Sola Gratia, Sola Fide, Soli Deo Gloria